Blog

Futuro e mercado: 2 competências requisitadas nos próximos anos
Aprimorha, Carreira, Comportamento, Currículo, Dicas

Futuro e mercado: 2 competências requisitadas nos próximos anos

As competências humanas já ganharam espaço em algumas de nossas pautas aqui no site. Recentemente falamos sobre criatividade, eleita como uma das principais características do profissional do futuro. De acordo com o Fórum Econômico Mundial, 35% das habilidades mais demandadas para a maioria das ocupações deve mudar até 2020. Isso porque vivemos a 4ª Revolução Industrial: era da robótica avançada, automação no transporte, nanotecnologia, inteligência artificial e aprendizagem automática e precisamos valorizar as habilidades exclusivas do humano, ainda impossíveis de serem tomadas por máquinas.

Por isso, hoje vamos trazer mais duas dessas competências extremamente necessárias para compor um ambiente corporativo equilibrado e próspero. Anote!

 

  • INTELIGÊNCIA EMOCIONAL – 6º lugar do ranking

Ela está de fora do currículo, mas é um competência requisitada diariamente em qualquer ambiente de trabalho. Saber gerir emoções, controlar medos, equilibrar sentimentos é fundamental para o convívio saudável. Trata-se de um conjunto de habilidades, que permitem que o profissional perceba e reconheça as próprias emoções com autocontrole. Ter autoconhecimento e resiliência vai ajudar a avaliá-as conduzi-las, sem perder a motivação e o foco. É um grande desafio, mas também um importante passo que vai levar muitos ao sucesso.

  • PENSAMENTO CRÍTICO – 2º lugar do ranking

Lógica e raciocínio são as palavras-chave dessa competência. O pensamento crítico, segundo colocado na lista de habilidades que serão requisitadas aos profissionais no mercado de trabalho até 2020, envolve a capacidade de usar a lógica e o raciocínio para analisar uma questão ou problema. Ou seja, a capacidade de considerar várias soluções para o problema e avaliar os prós e contras de cada abordagem. As pessoas precisam pensar de forma estruturada para também serem capazes de comunicar as ações de uma maneira clara e assertiva no mercado. Para treinar essa habilidade, comece por fazer perguntas, reconhecer problemas e olhar de uma maneira diferente sobre as perspectivas que podem gerar resultados.

 

E você, qual competência humana você acha que será requisitada no futuro? Deixe sua resposta nos comentários!

 

Deixe seu comentário aqui