Blog

Networking: seu erro profissional pode ser esse!
Carreira, Comportamento

Networking: seu erro profissional pode ser esse!

Criar uma boa rede de relacionamento no trabalho, também conhecida como networking, é um dos passos essenciais para a carreira de qualquer profissional, em qualquer área. O grande erro das pessoas é achar que os contatos devem ser feitos apenas no momento de busca de novas oportunidades e recolocação no mercado. Afinal, é justamente quando você se faz ser lembrado em sua função e competências, que esses contatos pensarão em você na hora de estabelecer parcerias, trocar ideias, indicar vagas de emprego e até promoções. E, saiba, fazer networking vai muito além de entregar cartões de visita em um evento. “A maioria das pessoas só usa o relacionamento quando realmente precisa. É muito importante saber graduar nossos relacionamentos: tem pessoas são mais importantes e devem ser mantidas por perto e outras nem tanto. Cultivar bons relacionamentos significa ter profundidade com esse contato”, explica o diretor de relacionamento da Aprimorha, Tadeu Ferreira. Anote algumas dicas para manter bons relacionamentos no mercado!

Dicas

Cada vez mais saturado, o mercado pede atualizações dos candidatos e, mais do que isso, contatos na rede profissional. “O profissional que não tem networking, quando fica desempregado perde a chance de ser lembrado por alguém. Ninguém sabe quem ele é, o que ele faz, então o CV perde valor”, lembra Tadeu.

Robert Steven Kaplan, em seu livro “Conduza a sua Carreira”, afirma que um relacionamento de bons frutos é regido por três fatores primordias: compreensão, confiança e respeito mútuos. De acordo com ele, a construção dessa relação exige tempo, interação pessoal, trabalho árduo, autoexposição e franqueza. Mas, como fazer isso? Para começar, o autor sugere seguir os seguintes passos:

  • Autoexposição: não deixa de compartilhar com as pessoas informações sobre si mesmo que vão ajudá-las a fundamentalmente entendê-lo melhor. Só assim a pessoa lembra-á de você quando precisar de algum serviço na sua área de atuação.
  • Investigacão: nas reuniões, bate-papos, cafés, não se esqueça de fazer boas perguntas (com discrição) sobre a outra pessoa que possam ajudar a compreendê-la melhor. Lembre-se: ajudar o próximo te deixa com um saldo positivo nas trocas profissionais!
  • Peça conselhos: ser humilde e ouvir a opinião de pessoas de confiança também fazem parte da fórmula para se ter um bom networking. Esteja disposto a isso (e prepare-se também para aconselhar a outra pessoa). Essa dica vale principalmente quando se trata de algum assunto que você não domina ou tem insegurança!

 

Deixe seu comentário aqui