Blog

Revisão de CV: por que ela é essencial para garantir uma vaga?
Aprimorha, Carreira, Currículo

Revisão de CV: por que ela é essencial para garantir uma vaga?

Lismara Tavares de Paula

No topo da lista de assuntos buscados no Google quando se trata de vagas de emprego, estão as dúvidas sobre o que deve ou não compor o curriculum vitae. E essa preocupação tem fundamento, afinal, esse documento é uma potencial ferramenta para chamar atenção do recrutador de forma positiva ou negativa. Imagine um jogo de tiro ao alvo. O recrutador é o alvo e os dardos são os profissionais em busca de colocação no mercado. São diversos concorrentes mirando para um único ponto.

Portanto, um tiro certeiro faz a diferença para uma primeira boa impressão. É o que explica a consultora de carreira responsável por projetos de outplacement, orientação profissional e revisão de CV da Aprimorha, Lismara Tavares de Paula. “O CV é a porta de entrada da pessoa na empresa. Por isso, é importante traduzir exatamente a área de atuação e estar atento a palavras-chaves do mercado que se quer ingressar. Lembre-se de que o recrutador faz buscas eletrônicas de profissionais e, ser claro nos objetivos ajuda a escolha pelo profissional ideal para a vaga”, conta. A consultora também deu algumas dicas das informações que não precisam e das que não devem estar nesse documento. Anote!

Informações que não PRECISAM ter no CV:

1) Endereço
Incluir o endereço expõe o profissional e não é uma informação de extrema relevância para o recrutador. “O endereço é muito pessoal e não sabemos exatamente para quem vai o CV. Então, indicamos incluir apenas a cidade”, explica Lismara.

2) Foto 
Se não for uma exigência da empresa, não é necessário incluir foto do candidato. “Hoje, com o LinkedIn, quando a empresa quer conhecer mais o profissional, ela busca direto o perfil do candidato nessa rede”, afirma.

Informações que não DEVEM ter no CV:

1) Pretensão salarial
Escrever uma média do que se pretende ganhar de salário não é bem visto no mundo corporativo, a não ser que a vaga solicite essa informação. “Mesmo quando a empresa pede, há formas sutis de se incluir a pretensão salarial”, diz Lismara.

2)Objetivo não objetivo
O famoso atirar para todos os lados não é uma boa estratégia para se conquistar o recrutador. É importante que o candidato coloque, de forma clara e concisa, a área que deseja atuar. “Atuar em qualquer lugar, em qualquer área, em qualquer função é um comportamento que demonstra desespero e, por ser abrangente, dificulta a análise do recrutador”, indica a consultora.

3)Apelo religioso
Frases de cunho religioso seja no final do CV ou no corpo do e-mail devem ser excluídas do universo corporativo. Isso expõe de maneira negativa o candidato. “Deus lhe abençoe ou graças a Deus são apelos desnecessários e expõe o momento de desespero da pessoa, bem como um possível comportamento de fanatismo”, finaliza a consultora.

 

Ficou com dúvidas?
Um dos serviços da Aprimorha é a revisão de CV e a preparação do candidato para a entrevista. Agende um horário e veja os pontos positivos e negativos do documento que é a porta de entrada de qualquer profissional no mercado.

www.aprimorha.com.br
contato@aprimorha.com.br
(19) 3090-3315 | (11) 3090-9393

Deixe seu comentário aqui